Prepare-se! A Arena Palmeiras será inaugurada e com isso…

Por Movimento Água Branca

O Corpo de Bombeiros e o CONTRU (Departamento de Controle do Uso de Imóveis) liberaram o funcionamento com capacidade total da Arena Palmeiras (Allianz Parque), após a realização de 2 eventos-testes – o primeiro evento para 3 mil pessoas, o segundo para 10 mil.

Para os moradores, o impacto da realização dos eventos também deve ser avaliado nas ruas, calçadas e residências.

Construída entre prédios residenciais, dois shoppings e avenidas de trânsito intenso, a Arena Palmeiras poderá ser mais um megaempreendimento que trará transtornos e impactos negativos no trânsito e na qualidade de vida dos moradores da região.

Fotos: Movimento Água Branca

Para os moradores da Água Branca, Perdizes e Pompéia, o evento para 10 mil pessoas já repetiu os problemas de todos os outros jogos – calçadas ocupadas por filas de frequentadores, pedestres no meio da rua entres os carros, trânsito lento ou parado pelo excesso de veículos.

Como será com a capacidade máxima da Arena?

Está previsto para o dia 25 de novembro, com início às 21h e abertura dos portões às 17h, o primeiro show de música com capacidade máxima para 55 mil pessoas. Além dos transtornos com multidão e sobrecarga no trânsito das ruas e avenidas do entorno, há também a preocupação com o som amplificado que pode vazar da Arena.

A Arena foi construída muito próxima dos prédios residenciais. Foi possível escutar o som do vídeo apresentado no primeiro evento teste dentro dos apartamentos.

COMO OS PROBLEMAS SERÃO EVITADOS OU MINIMIZADOS?

Os transtornos do passado com grandes eventos no antigo Parque Antártica estão na memória dos moradores. Queremos saber da WTorre,  SE Palmeiras, Subprefeitura da Lapa, CET e Polícia Militar:

– Como será a entrada e saída do público na Arena em dias de grandes eventos? as ruas serão fechadas?

– Como se dará a entrada e saída de torcedores quando forem realizados jogos com times que mantém torcidas grandes, uma vez que as ruas não permitem “rotas de fuga” e sempre assistimos conflito entre a PM e torcedores, com o uso de gás e balas de borracha no meio das ruas, afetando a qualquer um que estiver passando no local?

– Como será a entrada e saída de carros no estacionamento da Arena? Como se dará o controle de estacionamento de carros que não serão atendidos nas vagas do estacionamento da Arena?

– Como será garantida a segurança dos moradores, o direito de ir e vir, sem serem incomodados pelo tumulto provocado pelos eventos que serão realizados na Arena?

– Qual é o planejamento feito com os responsáveis pela segurança pública da região (polícia civil e militar)?

– Qual é o planejamento feito com a prefeitura, para coibir comércio ambulante irregular nas calçadas das nossas casas e evitar a depredação da Praça Cde Francisco Matarazzo Junior?

– Qual é o planejamento feito com a CET e DSV para evitar que o trânsito das ruas e avenidas do bairro pare a cada evento e para garantir que os moradores possam circular a pé ou com seus carros, sem impedimentos?

– O que está sendo feito para evitar que ruído produzido pelo som amplificado dos eventos incomodem os moradores do entorno?

– Como se dará o contato entre os administradores da Arena, prefeitura, CET, Polícia Militar e os moradores, quando houver problemas?
O que observamos nas ruas, no evento teste 2, realizado no dia 25/10/14, pela manhã:

MULTIDÃO NAS CALÇADAS E EXCESSO DE VEÍCULOS – RISCOS

RUA TURIASSÚ

Calçada da Rua Turiassú completamente ocupada pela fila.

Ponto de ônibus – Rua Turiassú.

Pedestres nas ruas entre os carros.

A fila para a entrada é formada na calçada, expulsando os pedestres para a rua. Se a rua não foi fechada pela CET, os pedestres se arriscam no meio dos veículos. Os usuários do ponto de ônibus ficam na rua.
RUA PADRE ANTONIO TOMÁS

Pedestres na rua.

ENTRADA E SAÍDA DO ESTACIONAMENTO DA RUA PADRE ANTONIO TOMÁS

Entrada dos carros no estacionamento da Arena.

Entrada dos carros no estacionamento da Arena.

Saída dos carros do estacionamento da Arena.

Saída dos carros do estacionamento da Arena.

Saída dos carros do estacionamento da Arena.

Saída dos carros do estacionamento da Arena.

Na entrada, forma-se uma fila de carros na Av. Fco Matarazzo para entrar à direita na Rua Padre Antonio Tomas. A CET isolou com cones e fita a mão da Rua Padre Antonio Tomás que dá acesso ao estacionamento.

Na saída, o volume de carros é maior por que saem praticamente todos ao mesmo tempo. Forma-se uma fila de carros na rua Padre Antonio Tomas, rua Higino Pellegrini e Rua Barão de Tefé. A saída de garagem do prédio da rua Barão de Tefé fica bloqueada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s